OS DEZ MANDAMENTOS DO PERITO JUDICIAL DO TRABALHO

tabua-10-mand

O PERITO JUDICIAL DO TRABALHO deve ter consciência e competência para saber dos seus limites e obrigações na realização da Perícia Judicial do Trabalho, em respeito ao parágrafo 2° do artigo 473 do CPC.

E, para que o dispositivo legal, transcrito naquele artigo do código de processo civil seja respeitado pelos experts do juízo,  fui buscar na legislação o que defino como sendo os dez mandamentos que o perito judicial deve obedecer para não cometer o pecado mortal e ter a sua pericia impugnada.

Continuar lendo

APLICAÇÃO DO MÉTODO “DR” NA DOSIMETRIA DE RUÍDO e CALOR NAS PERICIAS JUDICIAIS DO TRABALHO

ruido Stres térmico

Nessa matéria quero mostrar aos Peritos Judiciais do Trabalho e aos futuros peritos e aos assistentes técnicos em pericias judiciais do trabalho a Metodologia – Técnica de Avaliação de Ruído – que está sendo utilizada nas dosimetrias de ruído e de calor nas pericias judiciais de insalubridade.

A Técnica D. R.

Continuar lendo

ART X LAUDO PERICIAL – OBRIGATÓRIO NOS LAUDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO?

Capa Prova Tec Pericial

ART X LAUDO PERICIAL – OBRIGATÓRIA A EMISSÃO DA ART NA ELABORAÇÃO DOS LAUDOS PERICIAIS NA JUSTIÇA DO TRABALHO?

Dias desses um participante do curso de PERICIA JUDICIAL DO TRABALHO em São Paulo me enviou um pedido de impugnação do seu Laudo Pericial de insalubridade em que o advogado da empresa fundamentou o pedido de impugnação do laudo pericial, obviamente desfavorável à empresa reclamada, alegando que o Engenheiro – Perito –  não anexou ao Laudo o comprovante do recolhimento da ART conforme solicitava em um quesito formulado anteriormente às Diligências Periciais.

Continuar lendo

DOSIMETRIA RUÍDO – DILIGÊNCIA PERICIAL – FONTE DE RUÍDO

ruido

DOSIMETRIA RUÍDO – DILIGÊNCIA PERICIAL – FONTE DE RUÍDO – Exposição em postos variáveis – empregado aciona a fonte geradora

Na DOSIMETRIA de Ruído nas Diligências Periciais, no caso dos postos variáveis de exposição e quando o empregado aciona a fonte geradora, estaremos diante da necessidade de um tipo de prova – Depoimento pessoal ou testemunhal –  prevista no §3° do artigo 473 do CPC sem ferir o Princípio do Direito ao contraditório?

Continuar lendo

HIGIENE OCUPACIONAL APLICADA EM SOLDAGEM

risco-radiacao

HIGIENE OCUPACIONAL APLICADA EM SOLDAGEM

No curso de Perícia Judicial do Trabalho em Goiânia tive o prazer de conhecer o jovem Engenheiro de Segurança do Trabalho Renner Augusto Alves Lima.

À época conversamos sobre os riscos existentes nos processos de soldagem que deveriam ser verificado nas Diligências Periciais.

Hoje, quase seis meses depois “intimei” o Renner sobre  o assunto e ele me enviou o material – e me autorizou – que agora disponibilizo para todos os ex-alunos do Curso de Perícia Judicial do Trabalho e para os futuros alunos que passarão a receber esse material no MATERIAL DIDÁTICO DO CURSO DE PERÍCIA JUDICIAL DO TRABALHO.

Faça o Download do material – clique aqui>>>  higiene-ocupacional-aplicada-ao-setor-de-soldagem

Bons estudos.

Zeca berbes