CÁLCULO IBUTG – CALOR ARTIFICIAL – CALOR NATURAL – CICLO DE TRABALHO

            

CÁLCULO IBUTG – CALOR ARTIFICIAL – CALOR NATURAL – DEFINIÇÃO DO CICLO DE TRABALHO – QUAL A IMPORTÂNCIA?

Escrevo esse texto diante da dúvida da validade de se usar a metodologia do cálculo do IBUTG para a definição do adicional de insalubridade pela exposição ao calor do sol, por força de uma Orientação Jurisprudencial do TST que entendeu que, por não haver previsão legal de adicional de insalubridade para o calor do sol, aplica-se o disposto no Anexo 3 da NR-15 o que, no meu ponto de vista é um equívoco técnico, pelas razões que passo a expor. Continuar lendo