PRIORIDADE NA AVALIAÇÃO, NO MONITORAMENTO E CONTROLE DOS RISCOS NO PPRA.

O item 9.3.1 da NR-09 estabelece as FASES – ETAPAS –  DO PPRA e o estabelecimento de prioridades e metas de avaliação e controle

9.3.1 O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais deverá incluir as seguintes etapas:
a) antecipação e reconhecimentos dos riscos;
b) estabelecimento de prioridades e metas de avaliação e controle;
c) avaliação dos riscos e da exposição dos trabalhadores;
d) implantação de medidas de controle e avaliação de sua eficácia;
e) monitoramento da exposição aos riscos;
f) registro e divulgação dos dados
O Estabelecimento de Prioridades e Metas de Avaliação e Controle dos Riscos Ambientais é a matéria do nosso estudo de hoje.

Continuar lendo

CIPA – TREINAR A CIPA NÃO É PARA AMADORES

ZECA

TREINAR A CIPA NÃO É ATIVIDADE PARA AMADORES

É lamentável o que os amadores estão fazendo atualmente com a CIPA.

E por essa e outras razões se pergunta tanto: Porquê as CIPAs não funcionam ou o Quê fazer para uma CIPA funcionar?

E para responder a essas perguntas tenho visto uma série de discursos filosóficos; acadêmicos e até religiosos (SIC), tentando explicar aquilo que é cristalino para os profissionais que, de fato, entendem dessa “instituição” de fundamental importância para a Prevenção de Acidentes e Doenças no Trabalho

Continuar lendo